alt Por mais que faça a limpeza externa de um veículo, é preciso também dar atenção especial também no interior do carro!

Veja, a seguir, algumas dicas que vão deixar o seu limpinho por dentro e com aquele cheirinho agradável de Coala!

1. Teto

Da mesma forma que é recomendável fazer a lavagem externa do automóvel, de cima para baixo, a higienização do interior do carro pode ser feita nesse sentido, para evitar retrabalhos. Para limpar o teto, você pode utilizar um pano e uma mistura de água, detergente neutro e desinfetante. Em primeiro lugar, remova o acúmulo de poeira com o pano seco ou com uma escova bem macia. Em seguida, borrife a mistura e, depois, retire a sujeira com o pano. Na sequência, é importante passar um pano seco ou bem torcido, para tirar o excesso de umidade.

2. Estofados

Em termos de superfície de contato, os estofados ocupam uma área considerável do interior do veículo, logo, estão mais propensos a reter sujeira. O procedimento aplicado para limpar o teto também pode ser usado na higienização dos bancos, mas com cuidado redobrado, pois a espuma retém a água com mais facilidade. Para remover a sujeira mais pesada, você pode utilizar um aspirador automotivo ou algum de pó que você utilize em casa. Nos bancos de couro, procure não usar produtos químicos para não causar manchas — de preferência, nesses casos, use só pano úmido e detergente neutro com água.

3. Secagem do interior do carro

A limpeza do interior do veículo requer alguns cuidados especiais, para que a tarefa traga benefícios em vez de mais problemas. Dentro do automóvel, jamais utilize água corrente para fazer a higienização. Use sempre panos úmidos. Ainda assim, você deve limpar rapidamente as áreas, para que a água não se infiltre nas partes de tecido ou de espuma.

Depois de fazer a limpeza, é importante deixar o interior do carro secar por cerca de duas horas, com as portas e janelas abertas. A secagem pode ser feita dentro da garagem ou sob sol brando — nesse último caso, desde que a lataria já esteja seca. Quando o interior do carro não fica bem seco, é comum aparecer cheiro de mofo mais tarde.

4. Painel

O painel traz importantes componentes para o funcionamento do veículo, e por conta disso, a limpeza dessa área deve ser realizada com bastante cuidado, evitando que a água entre nos itens. Limpe com um pano úmido e detergente. Geralmente, como vários painéis possuem muitas partes plásticas, alguns proprietários gostam de passar silicone para dar brilho nelas. Só não passe esse produto no volante e na alavanca de câmbio, para não deixá-los escorregadios, ok?

5. Vidros

Os vidros devem ser limpos por dentro e por fora, para oferecer visibilidade adequada para a condução do automóvel. Você pode usar soluções específicas para esse cuidado, como os limpa-vidros disponíveis no mercado. Passe o produto com um pano para retirar a poeira e as manchas e, depois, passe outro pano, seco e macio, para dar o toque final.

6. Tapetes

A limpeza dos tapetes, se forem de borracha, pode ser feita com água, detergente neutro e uma escova para tirar a sujeira mais grossa, deixada pelos calçados. Lembre-se de tirar os tapetes do interior do veículo e fazer a limpeza desses itens fora. Se os tapetes forem de carpetes, é interessante limpá-los com um aspirador de pó e um pano úmido. Deixe os tapetes secarem bem, antes de recolocá-los no carro. Caso prefira, na finalização você pode colocar jornais sobre esses itens, para prevenir que a sujeira grossa impregne.

7. Aromatizando o interior do veículo

Após a limpeza interna do veículo, deixe o seu carro com aquele cheiro agradável de limpeza com os Odorizantes em Spray Coala. São 4 fragâncias: Bambu, Toque de Carinho, Lavanda e Citronela. Basta escolher o aroma que mais tem a ver com seu estilo. As fragrâncias mais recomendadas para carros são o Bambu, aroma refinado, e o Lavanda, que deixa o seu carro com um cheirinho suave e agradável.

Fonte: Blog Meu Usado Novo / Edição: Loyce Policastro - Netshare Marketing Criativo